Paraná derrota o Avaí e larga na frente na Copa da Primeira Liga

Uma estreia com o pé direito! Assim pode ser definida a primeira partida da história do Paraná Clube na Copa da Primeira Liga, nesta quarta-feira. Atuando em casa, na Vila Capanema, o time paranaense superou o Avaí na primeira rodada do Grupo 4 e largou na frente em busca da classificação para a próxima fase.

Em seu time titular, o Tricolor contava com apenas dois remanescentes da última temporada: Diego Tavares e Leandro Vilela. Mas se engana quem pensa que a falta de entrosamento e ritmo de jogo iria atrapalhar os clube.

Logo aos 21 minutos de partida, o camisa 10, Renatinho, apresentou o cartão de visitas do Paraná. E que cartão! Com uma bomba cruzada de fora da área, o jovem jogador de 24 anos marcou o primeiro gol da história do clube no torneio, e colocou os paranaenses em vantagem, após um início de jogo morno.

E se um jovem marcou o primeiro, o segundo gol do Paraná seguiu a regra. Ítalo, de apenas 19 anos, completou de cabeça uma cobrança de escanteio desviada e deixou o time tranquilo na frente antes do intervalo.

Na volta para o segundo tempo, o Avaí começou a pressionar mais o Paraná, buscando diminuir a diferença no placar. Com três alterações, o técnico Claudinei Oliveira tentou o que pode, mas não conseguiu tirar a vitória paranaense na estreia, confirmada pelo placar de 2 a 0.

O Paraná volta a campo para enfrentar o Londrina, fora de casa, no dia 21 de fevereiro. O Avaí, por sua vez, também faz sua próxima partida contra os londrinenses, mas no dia próximo dia 31.

Ficha do jogo: Paraná 2 x 0 Avaí - Copa da Primeira Liga
Local: Estádio da Vila Capanema - Curitiba (PR)

Paraná: Léo; Diego Tavares, Airton, Eduardo Brock e Igor Cariús; Leandro Vilela, Gabriel Dias (Alex Santana - 14’2ºT), Jonas Pessalli (Guga - 25’2ºT) e Renatinho; Vitor Feijão e Ítalo (Bruno Cantanhede - 27’2ºT). Técnico: Wagner Lopes

Avaí: Kozlinski; Alemão, Betão, Gustavo e Capa; Luan, Judson, João Paulo (Vítor - 14’2ºT) e Diego Jardel (Caio César - 19’2ºT); Denilson (Santarém - Intervalo) e Romulo. Técnico: Claudinei Oliveira.

Gols: Renatinho (21’1ºT) e Ítalo (46’1ºT)

Arbitragem: Antônio Márcio Teixeira (MG); auxiliado por Frederico Soares Vilarinho (MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG).