Sucesso de público em 2016, Copa da Primeira Liga tenta repetir fórmula em 2017

Após uma estreia de sucesso, a Copa da Primeira Liga, que terá início na próxima terça-feira (24), tenta repetir a fórmula de sua primeira edição, em 2016. Com clássicos regionais, duelos entre grandes equipes e uma das primeiras chances para muitos jogadores e treinadores mostrarem seu potencial em 2017, o torneio já se consolida como um dos queridinhos do público. E a prova está na média de torcedores que assistiram às partidas no ano passado: quase 12 mil pessoas.

O número coloca a Copa da Primeira Liga como o terceiro torneio com maior média de público em 2016, atrás apenas da Taça Libertadores (36.186) e do Campeonato Brasileiro (15.200). O líder no quesito na disputa inaugural da competição foi o Atlético-PR, com mais de 33 mil pessoas por jogo em média. Já Grêmio (27.432), Atlético-MG (17.717), Cruzeiro (12.797) e Flamengo (10.500) também ultrapassaram a marca de 10 mil torcedores por duelo.

O maior público do campeonato, inclusive, foi de um clássico regional. No dia 6 de março, o Grêmio recebeu em sua arena a equipe do Internacional, em um duelo válido tanto pela Copa da Primeira Liga quanto pelo Campeonato Gaúcho. Apesar do placar de 0 a 0, a movimentada partida foi assistida in loco por 44.839 pessoas, o que rendeu aos cofres da equipe (bruto) um valor de quase R$ 2 milhões em bilheteria.

Em 2017, a competição promete movimentar ainda mais os torcedores com diversos clássicos regionais, como as partidas entre Internacional e Brasil de Pelotas, Atlético-MG e Cruzeiro, Chapecoense e Joinville, Figueirense e Avaí e Londrina e Paraná, grandes times e uma fórmula que acirra as disputas pelo segundo troféu da história do torneio.