Internacional vence o Criciúma e avança com 100% de aproveitamento

Na noite desta quinta-feira, o Internacional mostrou porque é um dos favoritos ao título da Copa da Primeira Liga. Os Colorados venceram o Criciúma fora de casa, no Heriberto Hulse, por 3 a 1, e avançaram às quartas de final da competição com 100% de aproveitamento no Grupo A. Além dos catarinenses, na primeira fase, os gaúchos superaram Fluminense e Brasil de Pelotas.

Sem chances de classificação à próxima fase, o Criciúma entrou em campo com um time formado por jovens atletas, que não se intimidaram na partida. Atuando em casa, a equipe catarinense pressionou desde o início, mas só abriu o placar no fim da primeira etapa da partida, com um gol de Flávio, aos 42 minutos. O atacante aproveitou rebote de um chute de Carlos Eduardo e marcou seu primeiro gol como atleta profissional.

A partida parecia estar nas mãos do Tigre, porém, tomou rumo diferente quando o zagueiro Nino recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, aos 22 minutos do segundo tempo. Com vantagem numérica, o Colorado se lançou ao ataque, e a ousadia deu resultado. Em apenas cinco minutos, entre os 26 e 31 minutos do segundo tempo, os gaúchos marcaram três gols.

Cláudio Winck abriu a reação do Internacional, marcando o primeiro gol dos visitantes na partida, após aproveitar rebote dentro da área. Andrigo, por sua vez, virou a partida com um belo gol, driblando o zagueiro adversário e enchendo o pé no ângulo do goleiro Eduardo Babiuk. No fim, apenas um minuto depois do segundo gol, Diego fechou a conta para o time gaúcho.

O Internacional conhecerá seu adversário nas quartas de final através de sorteio. O Criciúma, por sua vez, está eliminado da competição nacional. Fluminense e Brasil de Pelotas ainda brigam pela segunda vaga no Grupo A. As duas equipes possuem três pontos. 

Ficha de jogo:
Criciúma 1 x 3 Internacional - Copa da Primeira LIga
Local: Heriberto Hulse (SC)

Criciúma: Eduardo Babiuk; Diogo Mateus, Nino, Ianson e Chico; Lucas (Eduardo - 18’2°T), Lucas Bessa e Carlos Eduardo; Matheus (Alan - 20’2°T), Flávio ( Gabriel Figueiredo - 15’2°T) e Kalil. Técnico: Deivid

Internacional: Marcelo Lomba; Cláudio Winck, Eduardo, Neris e Iago; Eduardo Henrique (Juan - 25’2°T), Valdemir, Andrigo (João Pedro - 41’2°T) e  Mossoró; Diego e André (Ariel Marques - 32’2°T). Técnico: Antônio Carlos Zago

Gols: Flávio (42’1°T), Cláudio Winck (26’2ºT), Andrigo (30’2ºT) e Diego (31’2ºT).