Flamengo vence América-MG por 1 a 0 e está nas quartas-de-final

Com gol marcado pelo meio-campo Gabriel ainda no primeiro tempo, o Flamengo venceu o América-MG, por 1 a 0 no Bezerrão, e garantiu vaga nas quartas-de-final da Copa da Primeira Liga. O time de Zé Ricardo atuou com um atleta a mais durante, praticamente, todo o segundo tempo.
Empurrado pela torcida, o Rubro-Negro começou indo para cima dos mineiros. Antes do primeiro minuto de partida, Gabriel dá bom passe para Everton realizar a primeira finalização da partida, para fora. Com toda essa empolgação, não demorou muito para o Mengão abrir o placar, aos 10 minutos, Leandro Damião abriu boa bola para o colombiano Berrío na direita e ele cruzou com perfeição para Gabriel - 1 a 0.

Os cariocas ainda tiveram uma chance claríssima de ampliar, após saída errada do goleiro João Ricardo, porém o ataque desperdiçou. O América até cresceu no jogo, levando perigo em um chute de fora d’área de Marion, mas não passou por Muralha.
O Flamengo já vinha dominando a etapa inicial e para facilitar, Gérson Magrão recebeu o segundo amarelo logo no primeiro minuto da etapa complementar. Exercendo a superioridade numérica, Cafu força João Ricardo a operar um milagre no Distrito Federal aos 9 minutos.
Daí em diante, o Mengão continuou controlando bem a partida, enquanto o Coelho se esforçava para chegar ao ataque mesmo com um homem a menos. Com o placar inalterado, o Rubro-Negro garantiu vaga nas quartas-de-final da Copa da Primeira Liga, enquanto o América decide sua vida na derradeira rodada.
Em partidas que definirão as colocações definitivas neste grupo B, o Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira (22), diante do Ceará, no Castelão, às 19h30. Já o América, visita o Grêmio, na Arena do Grêmio, no mesmo horário.
Ficha do jogo: Flamengo 1x0 América-MG - Copa da Primeira LigaLocal: Estádio Walmir Campelo Bezerra (Bezerrão) - Gama-DF
Flamengo: Alex Muralha; Rodinei, Donatti, Juan e Renê; Márcio Araújo, Cuéllar e Gabriel; Berrío (Cafu - intervalo), Leandro Damião (Adryan - intervalo) e Everton (Léo Duarte - 44’2ºT). Técnico: Zé Ricardo.

América-MG: João Ricardo; Auro, Messias, Renato Justi e Pará; Juninho, Ernandes, Renan Oliveira (Rubão - 36’2ºT) e Gérson Magrão; Felipe Amorim (Marion - 30’1ºT) e Tony (Mike - 9’2ºT). Técnico: Enderson Moreira.

Gols: Gabriel (10’1ºT)
Arbitragem:  Rafael Traci (PR), auxiliado por Luciano Roggenbaum (PR) e Jefferson Cleiton Piva da Silva (PR)